Doações

Revista

Projeto de Expansão

Expediente

foto 5
foto 6
foto 7
foto 8


Notícias

Unidades da DPE-GO no Park Lozandes e Setor Marista têm funcionamento suspenso nesta sexta-feira

AddThis Social Bookmark Button

A Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) informa sobre suspensão no funcionamento de algumas unidades nesta sexta-feira (04/10), a fim de realizar manutenção. Não haverá expediente durante todo o dia na unidade anexa ao Fórum Cível (no Park Lozandes, em Goiânia), responsável pelo atendimento inicial de Saúde; processual Família, Cível e Saúde; e do Centro de Atendimento Multidisciplinar. No Setor Marista (responsável pelo atendimento inicial nas áreas de Família e Infância e Juventude), a partir das 15 horas, não haverá atendimento ao público na 1ª, 2ª, 3ª e 4ª Defensorias Públicas Especializadas de Atendimento Inicial. Estas alterações no funcionamento estão regulamentadas nas portarias nº 493/2019 e nº 503/2019, ambas do Gabinete DPG.

Leia mais...

Defensoria Pública realiza casamento coletivo com 97 casais

AddThis Social Bookmark Button

“Somos um casal que vive junto – em harmonia a maior parte do tempo, graças a Deus – há 27 anos. Dessa união tivemos um casal de filhos muito amado. Ontem nossa alegria custava caber dentro de nós. Então, muito obrigada a vocês por nos tratarem com dignidade e cidadania”. As palavras escritas por Delacy Conceição da Mota, representa o clima de amor e felicidade que embalou a 1ª Celebração de Casamento Coletivo da Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO). Ela e Walter foram um dos 97 casais que realizaram o sonho de formalizar sua união, com o apoio da DPE-GO, nesta terça-feira (01/10). O evento foi realizado no Memoratto Eventos, em Goiânia, e recebeu cerca de 700 pessoas. A primeira-dama do Estado de Goiás e presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado, foi a madrinha de honra do evento.

Leia mais...

Após evitar venda de imóvel de idoso em leilão, Defensoria de Inhumas emite recomendação à Enel

AddThis Social Bookmark Button

A 2ª Defensoria Pública de Inhumas conseguiu, por meio de liminar, impedir a venda do imóvel do aposentado Sebastião*, de 75 anos, em leilão promovido pela ENEL Distribuição Goiás na cidade. A Defensoria entrou com o processo de usucapião e fez o pedido de liminar de manutenção na posse ao idoso, até o fim do processo, e que a empresa se abstenha de vender o local. A justiça acatou o pedido nesta segunda-feira (30/09). A Defensoria Pública ainda emitiu uma recomendação à ENEL Brasil S.A. para que a empresa faça uma inspeção na mesma área averiguando quantas pessoas estão na mesma situação e se abstenha de praticar, até o cumprimento das medidas, atos de esbulho, turbação ou ameaça à posse das famílias assentadas no local.

Leia mais...