Doações

Revista

Projeto de Expansão

Expediente

SITE -INFORMATIVO-Coronavrus


Notícias

Defensoria Pública recomenda medidas de proteção à população em situação de rua

AddThis Social Bookmark Button

Pessoa em situação de rua. Foto: Eduardo FerreiraA Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) recomenda às prefeituras de Goiânia e Inhumas que mantenham o funcionamento dos serviços de atendimento à população em situação de rua. A população em situação de rua encontra-se entre os grupos mais vulneráveis à contaminação pelo coronavírus. Sem acesso a higiene básica e alimentação adequada, esse grupo social não dispõe condições de tomar as medidas preventivas básicas como lavar as mãos.

Leia mais...

Defensoria Pública recomenda adoção de escala e visita domiciliar para vacinação de idosos

AddThis Social Bookmark Button

Pessoa é vacinada. Foto Eduardo FerreiraA Defensoria Pública do Estado de Goiás recomendou à Secretária Municipal de Saúde a adoção de protocolo com escala, divisão por grupos e critérios objetivos para a vacinação de idosos que evite as aglomerações, a exemplo da que ocorreu na manhã desta segunda-feira (23/03), no Estádio da Serrinha, no Setor Bela Vista. Idosos ficaram até três horas, em pé, aglomerados, aguardando pela vacina contra gripe, na abertura da campanha de vacinação. A Secretaria Municipal de Saúde tem 48 horas para responder à Recomendação.

Leia mais...

DPE-GO recomenda distribuição dos itens da merenda escolar a alunos da rede pública durante suspensão das aulas

AddThis Social Bookmark Button

Merenda escolar.A Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) recomendou à Secretaria de Estado da Educação a distribuição de kits de alimentos, exclusivamente, às famílias das crianças e adolescentes matriculados nas escolas da rede pública de ensino, em razão da suspensão das aulas, durante o período isolamento social, em prevenção ao contágio do coronavírus. A Defensoria Pública orienta que sejam estabelecidas critérios objetivos para o recebimento dos produtos, priorizando-se aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica e somente em caso de kits excedentes que se proceda à distribuição para as demais famílias. A recomendação foi expedida na última sexta-feira (20/03), após a Seduc informar que os alimentos deixarão de ser fornecidos aos alunos nesta segunda-feira (23/03), com a suspensão total das atividades administrativas das escolas.

Leia mais...